Quarta-feira, agosto 31, 2022

Estocolmo - Veneza do Norte

revistaDestinos turísticosEstocolmo - Veneza do Norte

A capital e maior cidade do Reino da Suécia, Estocolmo, foi construída em 14 ilhas, e até um terço da cidade está na água (Mar Báltico e Lago Malaren). Daí o nome “Veneza do Norte”, e não só pela água, mas também pela quantidade de pontes.

A cidade com seu entorno tem mais de dois milhões de habitantes, por isso é conhecida por dois nomes: “A menor cidade grande do mundo” e “A maior cidade pequena do mundo”. Esse número teria sido ainda maior se a peste não tivesse ocorrido no início do século XVIII.

Estocolmo - Veneza do Norte

- Propaganda -

A cidade tem um metrô, do qual os suecos se orgulham. Não é apenas o metrô de Moscou que é famoso por suas obras de arte, como também o metrô de Estocolmo é a maior galeria de arte do mundo. Este metrô foi inaugurado em 1950 e é conhecido por seu arranjo artístico de estações.

A cidade velha remonta ao século XIII. século. A cidade velha de Galma é um dos centros medievais mais bem preservados da Europa e está localizada em várias ilhas. É caracterizada por estreitas ruas de paralelepípedos, belos edifícios antigos em cores vivas, bares agradáveis ​​e lojas interessantes.

Esta é uma cidade com um ambiente descontraído, com até 75 museus. Skansen foi construído em 1891 e é o primeiro museu a céu aberto do mundo, mostrando a história sueca, a arquitetura e o modo de vida dos suecos. Estocolmo também abriga o Palácio Real de Drotningholm e o Cemitério Woodland, que estão na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Estocolmo - Veneza do Norte

O Palácio Real é uma residência real oficial construída em estilo barroco, que possui mais de 600 quartos e um belo parque.

Estocolmo acolhe a cerimônia do Prêmio Nobel, e o primeiro Prêmio Nobel foi concedido em 1901. O Museu Nobel também está localizado na Praça Stortogret.

- Propaganda -

Estocolmo é a capital europeia do verde, porque um terço da cidade é composto por áreas verdes. É interessante notar que até 95% da população vive a 300 metros ou mais perto de áreas verdes.

Se você visitar a cidade em junho, pensará que 'o sol brilha para sempre' porque o crepúsculo vai da meia-noite às três da manhã, e o dia é 9h!

Os mais populares