Quarta-feira, agosto 31, 2022

Malta - Ilha dos Cavaleiros, Arquitetura e Cultura

revistaDestinos de verãoMalta - Ilha dos Cavaleiros, Arquitetura e Cultura

Malta é uma ilha orgulhosa de sua rica história, seu mar azul cristalino e seus festivais. É uma ilha de cavaleiros, arquitetura e cultura. O clima ameno atrai turistas durante todo o ano e o banho é agradável mesmo em outubro.

A ilha de magnífica beleza, no meio do Mar Mediterrâneo, é pontilhada de casas feitas de calcário cor de mel, que muda de acordo com a refração da luz do sol. Esta ilha é a pérola do Mediterrâneo. Abrange apenas 300 km2 e tem 400.000 habitantes.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

- Propaganda -

A cada esquina você pode ver vestígios de sua rica história e arquitetura magnífica.

Andando pelas estreitas ruas de paralelepípedos da capital Valletta, você tem a impressão de que os espíritos dos cavaleiros de São João Batista, que no século XVI impediram a invasão turca da Europa, estão pairando sobre você. Eles foram liderados pelo famoso grande cavaleiro Jean de la Valletta que, após a vitória sobre os turcos, construiu uma cidade fortificada cujas muralhas atingem uma altura incrível de até 16 metros.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

Aqui está a impressionante igreja de São João Batista, e nela estão os túmulos dos maiores cavaleiros da Ordem de Malta. Há também duas pinturas extremamente valiosas de Caravaggio e esplêndidas tapeçarias do século XVI. As costas rochosas do arquipélago maltês são banhadas pelas ondas de um dos mares mais limpos do Mediterrâneo, com o maior teor de sal e uma transparência de até 16 metros.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

Nas praias rochosas suaves, embora também existam praias de areia, você pode nadar nas águas cristalinas. O mar brilha ao sol em tons de azul e verde. A época balnear vai de maio a outubro e a temperatura média é de 16 graus no inverno e 30 graus no verão. Há poucos dias chuvosos, principalmente no inverno. É por isso que a Ilha do Cavaleiro é a escolha perfeita para férias ativas em todas as estações.

- Propaganda -

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

A oferta turística é muito diversificada. Começou com cruzeiros para a Lagoa Azul na ilha Komino, Kristalno e outras baías até viagens organizadas, mas também individualmente, dependendo dos desejos dos convidados. Nadar com golfinhos é especialmente atraente para as crianças no parque aquático. Para os turistas mais corajosos, oferecemos um inusitado “jantar no céu”, em uma plataforma pendurada em um guindaste, a 200 metros acima do mar, recomendado por Suzana Đorić, chefe da agência “Robert Arrigo & Sons”.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

Malta também tem um grande número de festivais. Artistas de todo o mundo são convidados nos tradicionais festivais de verão ao ar livre. Um dos mais famosos é o famoso festival da MTV em junho, onde participam os DJs e cantores mais famosos do mundo. Todos os anos, em fevereiro, cerca de 10,000 turistas se reúnem para o festival “Lost and Found”. O destino mais popular para os jovens é Pacevil. Existem inúmeras discotecas e bares que funcionam a noite toda e nos lembram Ibiza.

Em Valletta você pode desfrutar de um passeio em uma carruagem romântica. Pode ainda desfrutar de um dos jardins com música “ao vivo” ou visitar as adegas e bares localizados em cada esquina. Valletta foi declarada Capital Europeia da Cultura em 2018.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

O novo portão da cidade na entrada da capital é o projeto mais caro, pois leva a assinatura do famoso arquiteto italiano Renzo Piano. O complexo inclui ainda um novo edifício do Parlamento Maltês e uma magnífica escadaria que combina muito bem com o ambiente medieval.

Não há crime ou terrorismo na ilha, tornando Malta um destino seguro. Há um grande número de escolas para aprender línguas estrangeiras. Os jovens costumam vir aqui para aprender inglês, que é a língua oficial além do maltês, porque recebem uma bolsa de estudos e a oportunidade de morar com famílias maltesas durante os estudos. Maltês é uma mistura de árabe, inglês e italiano, então o maltês pode facilmente aprender línguas estrangeiras.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

Na exótica ilha de Gozo existem antigas igrejas e capelas. Com interessantes barcos de pesca azuis, você deve visitar o magnífico templo de Gjantija. É o sítio neolítico mais antigo do mundo ao ar livre. Este templo é mais antigo que Stonehenge e as pirâmides egípcias.

Os megálitos são enormes blocos de pedra que pesam até 50 toneladas e têm de 7 a 11 metros de altura. Em Goza pode desfrutar de um passeio de barco pela Gruta Azul, um paraíso para os mergulhadores. Esta gruta tem paredes nas cores do arco-íris e é protegida por altas falésias e tons irrealistas do mar, com 600 metros de profundidade e cor de coral.

MALTA – ILHA DOS CAVALEIROS, ARQUITETURA E CULTURA

Há restaurantes para todos os bolsos em Malta. O jantar ou almoço pode custar entre 10 e 15 euros. Você deve experimentar o lampuki. É uma espécie de cavala que só desova no Mediterrâneo, assim como o hobz biz zeit – pão com azeite, alcaparras e molho de tomate. imaret – um bolo feito de massa frita com figos, coelho e, claro, os famosos vinhos malteses.

Os mais populares